Challenges in Human Nutrition: A Discussion by Conceição Calhau | TEDxVilaNovadeGaia – Video

Challenges in Human Nutrition: A Discussion by Conceição Calhau | TEDxVilaNovadeGaia – Video

Conceição Calhau delivers an insightful and eye-opening presentation on the various challenges of human nutrition in this TEDx talk. She begins by addressing the issue of longevity, pointing out that while people are living longer, it doesn’t always mean they are living healthier lives. This poses a challenge for society in terms of sustainability, particularly in the healthcare system. Calhau emphasizes the importance of prevention and the role of nutrition in promoting health and well-being, especially in aging populations. She also discusses the global rise in obesity and its associated health complications, as well as the negative impact of sedentary lifestyles on the overall health of children. In addition to these challenges, Calhau stresses the significance of eating habits and their impact on health, mentioning the Mediterranean diet as an example of a healthy eating pattern. She encourages the audience to be mindful of their dietary choices and to adopt a more balanced and nutritious way of eating. In conclusion, Calhau’s presentation sheds light on the pressing issues in human nutrition and urges individuals to take charge of their health through a more mindful approach to nutrition.

Watch the video by TEDxTalks

Author Video Description

Nutritional habits have changed in the last decades with a major impact on human health. A plethora of magical diets promoted by media campaigns distort the real basis of healthy eating. Science is thus critical to providing reliable data to educate our nutritional habits. Professora Catedrática da Nova Medical School (NSM) – Universidade Nova de Lisboa, fundou e coordena a licenciatura em Nutrição na NMW onde desempenha ainda o cargo de Sub-Diretora para a Extensão à Comunidade. É Licenciada em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto (FCNAUP).
Doutorada em 2002 pela Faculdade de Medicina do Porto onde iniciou a sua carreira no Instituto de Farmacologia e Terapêutica em 1996, tendo estada ligada ao ensino nas áreas da Bioquímica, da Nutrição e da Toxicologia Alimentar. Apresentou as Provas de Agregação em 2010 na área do Metabolismo.
As principais áreas de interesse de investigação têm sido entre outras os alteradores endócrinos, a disfunção metabólica e, mais recentemente, a monitorização do estado nutricional de iodo em crianças e em grávidas, tendo participado em diversos projetos de investigação financiados a nível português e europeu, envolvendo a indústria agroalimentar. This talk was given at a TEDx event using the TED conference format but independently organized by a local community. Learn more at https://www.ted.com/tedx

Video Transcript

[Música] [Música] aquilo que eu vos venho falar CL provavelmente não será muito diferente daquilo que se sabe pelo menos na área da ciência mas certamente o meu objetivo nesta apresentação é que vocês no fim saiam diferentes relativamente ao vosso olhar para a alimentação o primeiro desafio da sociedade é de facto a

Longevidade nós estamos numa sociedade em que temos sobretudo dois problemas que a nós na área da nutrição nos é particularmente são particularmente importantes temos mais anos de vida já se vê ali nas três fotos que escolhi a fazer aqui uma brincadeira com as minhas fotografias há

Que fazer umas previsões e a verdade é que temos mais anos passamos a ter mais anos mas nem sempre isso significa mais saúde e portanto na verdade aqui numas projeções daquilo que é longevidade em Portugal temos uma esperança média de vida de 85 anos portanto Isto são projeções daquilo que eu eventualmente

Se chegar eh estarei eh daquele estav eventualmente posso recorrer a algumas eh algumas transformações mas a verdade que aquilo que eu queria chamar atenção é que nós podemos ter muito mais longevidade do que isto isto começa a ser cada vez um problema maior Um Desafio não só na sustentabilidade mas

Também e sobretudo numa sustentabilidade que mais hoje te ouve falar que é sustentabilidade dos sistemas de saúde Porque Portugal apesar de ter muita esperança de vida é países com mais doentes com mais de 65 anos portanto a população acima de 65 anos é população muito doente e é isso que nós falamos

Naquilo que conquistamos um envelhecimento 3.0 Ou seja já não vivemos só até aos 30 anos já não vivemos só até aos 80 até 90 mas não tendo saúde o 3.0 é com saúde isso passa pela prevenção isso passa por aquilo que também aqui hoje vos poder ajudar queer

Terem competências para se cuidarem e se transformarem naquilo que é a a saúde em relação à população e esta questão são temas muitíssimo relevantes do ponto de vista dos números e são números que impactam ou seja nós tínhamos nos anos 50 e e portanto no século passado 3.000 milhões de pessoas

Em todo o mundo 6.000 milhões hoje cerca de 8.000 milhões projetam-se já 9000 milhões e 10.000 milhões isto de facto é ainda mais importante se pensarmos que temos mais pessoas com mais doença e a verdade é que se pensarmos naquilo que também é taxa de crescimento essa mudou

E não é por acaso sendo eu mulher que coloca aqui esta imagem nos anos pelo menos aquilo que foi mais marcante dos anos 60 da emancipação da Mulher será que também temos aqui esta nova realidade na sociedade a ter alguma influência também estes números também na saúde e obviamente na alimentação

Ainda bem que há um espaço entre a bimbi ou aliás entre o querer comer a sopa e há uma ferramenta pois muitas vezes Esta área da alimentação tá muito associada à mulher e a verdade é que se olharmos para fotografias que eu fui buscar dos anos 70 fotografias que embora a preto e

Branco se percebe que a população tem um determinado fenótipo características se calhar mais de magreza aqui uma uma fotografia de uma escola que que achei curioso nos anos 70 na Malásia e agora reparem eu voui buscar obviamente o ano não 2023 mas 2016 porque a nós Portugal

Toca-nos muito que é um ano muito importante fomos Campeões da Europa e a verdade é que se formos buscar nessa fase uma fotografia das crianças da Malásia consegue-se perceber se calhar agora num numa num tbl numa sala diferente mas a verdade é que as crianças tão diferentes O que significa

Que triplicou a e excesso de peso e obesidade ou seja 41 milhões de crianças com menos de 5 anos com excesso de peso e obesidade isto em 2016 340 milhões entre os 5 e os 19 anos portanto Esta é a realidade que nos desafia em que temos

Que fazer eh diferente a verdade é que também em 2016 em Portugal os dados diziam noos que uma apenas uma em cada cinco crianças se mexia fazia atividade física ou seja eh temos uma em cada duas que é sedentária E porque é que eu agora vos trago aqui este triângulo é um triângulo

Que está vermelho e significa Muitas vezes o nosso comportamento alimentar o nosso comportamento alimentar ao longo do um dia ou seja quando nós olhamos para os relógios biológicos nós humanos temos não propriamente o digital mas os humanos temos o ritmo circ de an temos S floros biológicos e somos animais de dia

E a verdade é que se pensarmos o como é que a sociedade nestas décadas des avançou na hora por exemplo do jantar conseguimos perceber que maioritariamente o nosso comportamento alimentar pode ser assim reparem em 2016 como é que estávamos a fazer as refeições para já seis refeições por dia

E reparem na ceia tardíssimo Ou seja já o jantar 21 e uma outra refeição às 23 e portanto estamos cada vez a arrastar mais as refeições aquilo que se recomenda é exatamente o triângulo invertido ou seja seja nós devemos comer principalmente na primeira metade eu sei que isto será provavelmente uma explicação uma

Resposta ou uma ajuda para aquilo que se ouve sobre o jejum intermitente eu estava a ouvir o Pedro falar dos 10 mitos eu de facto não escolhi trazer mitos porque isso seria interminável Porque em relação à alimentação é interminável o número de mitos e é mais saltar o pequeno almoço não jejum

Intermitente é de facto fazer o jejun noturno e agora qual é que é o desafio nós temos 2,6 mil milhões de pessoas com mesos e obesidade ou seja uma em cada três isto no mundo e de facto se pensarmos que tempo é dinheiro e que tudo deve ser

Traduzido também do ponto de vista financeiro ou económico agora reparem em 6 horas nos Estados Unidos da América foram gastos 44 Milhões de Dólares em programas de perda de peso Isto são dados de ontem reparem que em paralelo durante essas 6 horas nos Estados Unidos da América foram gastos 153 Milhões de

Dólares a tratar as doenças relacionadas com obesidade ou seja fazendo as contas por hora 25,5 milhões de gastos no tratamento de doenças relacionadas com a obesidade portant crescimento da população a longevidade mais anos mais doença Estes são de facto os desafios e então em Portugal as notícias em 23 2023 O que é

Que dizem provavelmente os aventos alimentares inadequados ainda vão ser a primeira causa relativamente até ao uma em cada três tem excesso de peso e obesidade já tínhamos visto aqui esta questão de sedentarismo portanto isto de facto é Um Desafio e agora sendo eu licenciada na área da nutrição o que é

Que vocês esperam de mim que ven falar dieta e longevidade com uma amarrando e fazendo uma cruz Ou seja que vem noos falar de tirar fotos às refeições saudáveis a imagem que temos de alimentação saudável dieta mediterrânica exatamente que é o património material da humanidade vou vos falar de jejum intermitente ou de

Restrição calórica vou falar de dieta P vegana Eu imagino que isto é aquilo que vos vai na mente vou falar dieta de dieta de dieta de dieta eu acho que isto é o que todos os dias as pessoas imaginam fala nutricionista e na realidade somos diferentes provavelmente

Disso nós não estamos só a falar de hidratos de carbono de colesterol de gordura de lactose e de gluta Quando falamos em dieta tirânica e só rapidamente porque o desafio vem agora a seguir principalmente a porta as saídas de emergência e a casa de banho que já vão perceber por na verdade dieta

Mediterrânica que aqui está representada é mais do que uma dieta mediterrânica é um estilo de vida mediterrânico mas a verdade é que chama a atenção aqui de alguns pontos sobretudo a questão de comermos diariamente leguminosas o feijão o grão as lentilhas E asilas é só fazermos um agora um cheque uma

Checklist se fazemos a ingestão de peixe da gordura do azeite e de frutas e vegetais e o que é que isto quer dizer na prática quer dizer na prática que quando falamos ali em comer peixe nós temos sempre a ideia somos um país come peixe somos um país de mar a verdade é

Que provavelmente O que é que fazem cozem ou fazem grelhados e a verdade é que quando nós associamos relativamente ao efeito antiinflamatório do consumo da gordura do peixe ela é antiinflamatória ou seja vemos aqui numa curva da inflamação que é necessária para reagirmos relativamente a algum agente

Agressor Mas temos que a resolver no tempo e quando não resolvemos no tempo ficamos com aquilo que se chama inflamação crónica de baixo grau e então o que é que eu queria trazer aqui pelo menos a sim é um facto para desmistificar é que devemos fazer a culinária mediterrânica comida o

Caldeirada em sopado é comida de taxa significa comer a gordura e e ómega-3 do peixe que a maioria das vezes não comemos e agora passamos sim à aquilo que é mais diferente Ou seja aquilo que é essencial e o que é que é essencial em alimentação e visível aos nossos olhos

Talvez uma pista como são as vossas fees Pois é vivos falar de cocó ser diferente e então como é que são as nossas fees basta consultar no Google escala de Bristol e vamos localizar como é que elas são e quantas vezes a verdade é que nós se olharmos e

Há bocadinho estava a pensar olhar sem A Tenda não é vemos uma imagem e vemos aqui a nossa galáxia a vi láa tem 2400.000 milhões de estrelas dois a qu vezes 10 lantada a 14 a população do mundo neste momento cerca de 8000 milhões Pois é nós temos cerca de 10

Levantado a 13 células de origem humana e 10 levantado a 14 células de origem microbiana ou seja nós somos até pouco humanos de cada vez que vamos à casa de banho ficamos mais humanos portanto agora é só fazer as contas quem for menos vezes ou quem for OB vespar a

Verdade é que somos temos 10 levantada a 14 células de origem microbiana a verdade é esta nós efetivamente somos 10 vezes mais de origem microbiana em termos do número de células cerca de 150 vezes mais genes de origem microbiana do que de origem humana portanto reparando agora n nestes números efetivamente são

De impacto e trai vos aí obviamente sendo a mulher Esta é uma imagem que descreve a importância daquilo que é a a transmissibilidade destes microorganismos de geração em geração e esta transmissibilidade é na figura feminina o que também quer dizer que somos mais filhos da mãe do que do pai

Isso também é importante e é diferente a verdade é que estes microorganismos têm um papel decisivo na digestão e a digestão dos alimentos só é um processo que retira aquilo que precisamos para de de cada refeição para aquilo que precisamos no organismo ou seja estes microorganismos têm funções muitíssimo

Importantes sempre que temos uma alteração destes microorganismos vamos ter uma alteração da digestão quem aqui hoje não ou falar de intolerâncias e de barriga inchada e de ter intolerância ao gluton e a lactose porque efetivamente os nossos processos digestivos estão diferentes temos respeitado pouco estes microorganismos e portanto estes números

Já vos disse na verdade nós temos cerca de 150 vezes mais genética de origem microbiana do que de origem humana e agora só fazer as contas darnos duas vezes 2,5 vezes a volta ao mundo era o número de microorganismos cada um alterado Ou seja a idade que pode não

Ser diferente é que vocês não vieram sozinhos vocês nós não estamos sozinhos Agora falta saber se Estamos bem ou mal acompanhados e a verdade é que aquilo que mostra a evidência científica que podemos ter de facto menos bactérias boas mais das bactérias podemos ter uma baixa diversidade ou então podemos ter

Como está ali representado no saudável diferente é termos de tudo um pouco e a verdade é que também já desde 2006 que nós sabemos que os indivíduos com obesidade têm um microbiota muito diferente portanto a tal flora intestinal as bactérias do intestino é muito diferente daquilo que é o indivíduo com

Obesidade sabemos também desde 2006 e esta é uma boa notícia que quando fazemos intervenções alimentares é reversível ou seja ao fim de 52 semanas de dieta que é restrição da gordura animal e muito mais carboidratos resistentes portanto fibra vamos ter a recuperação perda de peso e a recuperação do microbiota ou da flora

Intestinal isto é uma boa notícia de facto nós de aquilo de acordo com aquilo que comemos passamos a ter este ecossistema este Jardin zoológico estes animais de estimação ondees damos de comer ou não damos de comer e só damos de comer preferencialmente a uns e de facto em 2016 também saiu isto na

Comunicação social internacional que é obesidade pode ser uma doença contagiosa ou seja as doenças não comunicáveis podem ser comunicáveis porque há uma transferência de microorganismos eles formam os espos e passamos para o meio ambiente e na verdade 2020 começa com o covid com a covid-19 e também com esta notícia de

Que o que temos no intestino pode ser transferível de um indivíduo saudável para um indivíduo doente e que pode de facto ajudar no indivído doente e o inverso também acontece e portanto só para termos estes números nos Estados Unidos só olharmos aquilo que é o Jardim

Z ló pato o ecossistema no intestino dos Americanos comparativamente à população da Europa e percebe-se logo pelas diferenças das cores que tem já uma população muito diferente e reparem aqui no processo digestivo significa que os americanos foram perdendo grande parte destes microorganismos que são muito importantes para a digestão da fibra

Porque já não comem fibra e a verdade é que só partir com vocês em 2020 com a covid-19 nós fizemos um projeto de investigação para avaliar microbiota nos doentes com covid-19 e reparem os indivíduos que ficaram em casa que foram para a enfermaria ou terminaram cuidados intensivos tinham de facto no momento da

Infecção microorganismos muito muito diferentes e portanto reparem muito mais das proteobactérias ou seja na verdade e sendo eu mulher e para terminar também com uma mensagem que hoje em dia as mulheres têm mais se calhar vida tempo de vida pós-menopausa eh e obviamente que é o meu caso a

Verdade é que nós temos um papel muito importante também destes destas bactérias no intestino para a transformação dos estrogenos que iam para o lixo iam para as fees e que podem ser reabsorvidos e portanto h de facto aqui um enorme investimento da investigação para estudar como é que no

Pós menopausa nós conseguimos recuperar a verdade é que devemos chegar à menopausa com o microbiota Bom exatamente potenciado por estes fatores porque de facto aquilo que é diminuição dos estrogénios e o aumento risco da adiposidade fica muito mais atenuado se tivermos estivermos bem acompanhadas do que se estivermos mal acompanhadas isto

Entenda-se como como quiser a verdade é que mesmo para a absorção do ferro o própria o Esta é uma mensagem relativamente à aquele mito de carne vermelha e e hortícolas os vegetarianos na verdade não devemos comer mais do que 700 g de carne vermelha por semana porque as bactérias competem com o ferro

Da carne vermelha e portanto passamos a ter um tipo de bactérias muito mais associado ao cânc e à bança inflamatória do intestino fica aqui esta nota importante relativamente a isso portanto para terminar nós na verdade caminhamos aquilo que é a esperança do Futuro para uma personalização conhecendo estes microorganismos Este é um grande

Investigador nesta área e que nós somos aquilo que os microorganismos produzem do comemos esperando eu que desta desta rotina de muita gente fotografar as refeições saia de facto uma opção do telemóvel que já diz exatamente Quais são as características daquela refeição mais do que isso uma motorização contínua da glicemia para

Podermos ter uma projeção no futuro do que é que vai impactar na nossa hemoglobina glicada no colesterol e portanto isto Talvez seja o presente ou o futuro Ou melhor o futuro pode já ser o presente ou seja na verdade Estas são dispositivos Estes são dispositivos que já existem termino Com estes

Números Tenho que trazer alguma magia para fazer diferença e portanto os números Mágicos são o 0 o 5 o 10 o 30 e o 150 zero tabco cinco vezes por dia ortí 10 minutos de meditação na nossa sociedade se calhar traduz sem gestão de stresse 30 é o índice massa corporal

Devemos ter menos do que 30 que é peso sobre a estatura a quadrado e 150 minutos de exercício físico rigoroso por semana e de facto isto seria o que era importante vocês pensarem de forma diferente para poderem ter saúde muito [Aplausos] [Música] obrigada [Música] n

About TEDxTalks

TEDx is an international community that organizes TED-style events anywhere and everywhere — celebrating locally-driven ideas and elevating them to a global stage. TEDx events are produced independently of TED conferences, each event curates speakers on their own, but based on TED’s format and rules.

Video “The different challenges of human nutrition | Conceição Calhau | TEDxVilaNovadeGaia” was uploaded on 01/12/2024 to Youtube Channel TEDx Talks